Então, dois anos e meio depois que eu conheci o Sam Devries durante sua estadia em São Paulo para o ensaio # 25 de 100 NUDE Shoots, finalmente chegou a minha vez de visitá-lo em Nova York. Eu me lembro muito bem de como aquele ensaio se tornou icônico por ter sido a primeira vez em que eu expressei erotismo de forma bastante explícita nesse projeto sem me preocupar com as repercussões. Pelo contrário, eu gostei de abrir essa nova fronteira: não mais me limitar a discutir a dessexualização da nudez, mas sim propor a naturalização da sexualidade.

Bom, dessa vez, o Sam me levou para a praia de nudismo de Fire Island Pines, e eu me senti imediatamente livre pra expressar esse erotismo mais uma vez.

Hugo Faz by Sam Devries on Fire Island
Hugo Faz by Sam Devries on Fire Island
Hugo Faz by Sam Devries on Fire Island
Hugo Faz by Sam Devries on Fire Island
Hugo Faz by Sam Devries on Fire Island
Hugo Faz by Sam Devries on Fire Island

Eu estou animado por voltar a publicar os ensaios nus no site. Tem tanto material que eu produzi em colaboração com artistas incríveis nesses últimos dois anos, durante os quais eu praticamente parei de publicar meu trabalho. Foram tempos muito difíceis, um longo período de transição cheio de altos e baixos, e ao cabo eu me encontro questionando muito tudo o que faço, talvez muito mais do que deveria. Mas quando o Sam — um ser humano lindo e generoso com quem eu criei uma rara conexão — me enviou as fotos e as vi, me ajudou a perceber que eu estou finalmente saindo dessa crise melhor que antes. Mesmo que eu não possa dizer que agora estou mais determinado, eu pareço e me sinto mais próximo da imagem que acho que sempre tive de mim, lá no fundo. E isso é muito motivador.

Hugo Faz by Sam Devries on Fire Island
Hugo Faz by Sam Devries on Fire Island
Hugo Faz by Sam Devries on Fire Island
Hugo Faz by Sam Devries on Fire Island

Finalmente, eu queria relembrar aqui o que escrevi quando publiquei o ensaio # 25 por Sam Devries lá nos idos de 2017:

Eu estou dando aqui um passo diagonal nessa estrada da naturalização de nudez pra afirmar que o sexo também deveria ser visto sem escândalo. Eu acredito que se o sexo também fosse naturalizado, não restringido, não censurado, tornado assunto comum, não haveria mais culpa nem humilhação sexual. Não mais assédio sexual, estupro, pedofilia, não mais exploração sexual. Por que tememos tanto o sexo? Vamos censurar o machismo, não o sexo. Vamos censurar a violência, a discriminação, a humilhação, a xenofobia. Vamos ser sexualmente positivos.

Hugo Faz by Sam Devries on Fire Island

[EXCLUSIVO]

Por fim, eu separei algumas fotos desse ensaio como conteúdo extra nesta seção, disponível exclusivamente para Colaboradores. Caso já seja colaborador, faça Login para acessá-lo, ou então saiba mais e Cadastre-se para tornar-se um!

[/EXCLUSIVO]

Finalmente, se você ainda não os viu, pode encontrar todos os ensaios já publicados do 100 NUDE Shoots aqui.